unnamed.jpg

HARON GAMAL

Doutor em Letras (Letras Vernáculas - literatura brasileira) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2009). Atualmente é professor titular de literatura brasileira da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Macaé, professor de língua portuguesa - ensino médio do Governo do Estado do Rio de Janeiro e professor de literatura da Fundação de Apoio à Escola Técnica (FAETEC).

PUBLICAÇÕES

ee182db2bbb086f3edd8a533f6abf624.jpg

Estrangeiros: o anfíbio cultural na prosa brasileira de ficção

ISBN: 9788554150105
2018
192 páginas
R$ 70,00

Sinopse: A discussão do anfíbio cultural pode nos remeter a diversos autores, um deles é José Paulo Paes, que, ao escrever uma crítica ao livro "As aves de Cassandra", de Per Johns, aponta a importância de tal estudo. Ele observa a necessidade de uma pesquisa profunda e sistemática sobre esse tipo de literatura. Para o crítico, a expressão artística desses autores apresenta algo que precisa ser mais bem elucidado. O anfíbio, além de acrescentar visões diversas de mundo, como nos referimos acima, também pode apresentar um dado diferente na representação artística. E é em busca dessas características que encaminhamos nossa pesquisa. Silviano Santiago também classificou o anfíbio cultural, mas o define e o situa de maneira totalmente diversa da que se pretende apresentar aqui. Uma vez que a própria origem do vocábulo anfíbio permite sempre algum tipo de duplicidade, nada impede que o crítico lhe dê a dicotomia que assim deseja. Adiante, porém, será apresentado um tópico em que se pretende dialogar com ele sobre esse tema, sem que se adotem suas posições.